Carnaval

Carnaval para Cadeirantes – Informações e dicas

Desfile do Cordão do Bola Preta - Muito legal, mas muito cheio!Disputa com o Ano Novo o título de festa mais importante do Rio. A data é móvel, mas cai sempre entre o início de fevereiro e o começo de março. São quatro dias ininterruptos de festa dia e noite que iniciam no sábado de carnaval e vão até a terça-feira gorda. Ainda sobra a quarta-feira cinzas, onde até o meio-dia é feriado – providencial para recuperar as energias.

No Rio temos tanto carnaval de rua (os blocos, de graça) quanto o desfile das escolas de samba. Também há eventos em casas de show, mas recomendo apenas as da Lapa. Algumas dicas para você que é cadeirante:

Carnaval de Rua:

  • Senta que eu empurro: é um bloco com grande concentração de pessoas com deficiência, mas aberto a todos! A estrutura e o conforto são melhores do que em outros blocos. Eles têm uma página no Facebook com mais informações.
  • Procure os horários dos blocos na Internet e programe-se. Há também aplicativos para celular (Android e iPhone).
  • Cordão de isolamento: nada a ver com os cordões de isolamento do carnaval baiano e das micaretas. Alguns blocos possuem cordão de isolamento, mas apenas para dar espaço aos músicos. Normalmente os cadeirantes são bem vindos dentro desses cordões.
  • Use uma fantasia para entrar no clima e se divertir mais! Lembre-se apenas de que vai estar fazendo MUITO CALOR.
  • Utilize sempre o metrô para locomoção, pois o trânsito fica muito ruim por causa dos blocos.
  • Há pouquíssimos banheiros químicos acessíveis, e praticamente sempre estão sujos. A melhor alternativa é procurar um restaurante acessível por perto.
  • Alguns blocos recomendados: Cordão do Boitatá, Sargento Pimenta e Orquestra Voadora.

Desfile das Escolas de Samba:

  • A escola de samba Embaixadores da Alegria é formada por pessoas com deficiência e desfila sexta-feira (junto com as escolas do Grupo A) no Sambódromo. Se quiser desfilar, entre em contato com eles!
  • Os desfiles são no Sambódromo, também chamado de Av. Marquês de Sapucaí.
  • O Metrô (estação Praça Onze) é a melhor maneira de chegar e sair do Sambódromo.
  • Os ingressos são vendidos online
  • As escolas principais desfilam  no domingo e na segunda-feira de carnaval.
  • Se não conseguir ingressos ou quiser economizar, é possível assistir o desfile das escolas do Grupo A (espécie de segunda divisão) na sexta-feira ou no sábado de carnaval. Outra alternativa é assistir o desfile das campeãs, que acontece sempre no sábado seguinte ao carnaval. O desfile é mais vazio e tem menos brilho, mas mostra as escolas que se saíram melhor no desfile de domingo e segunda.