Transportes

Apesar de longe do ideal, o transporte acessível no Rio melhorou significativamente nos últimos anos. Todas as estações de metrô são acessíveis (algumas mais, outras menos) e boa parte dos ônibus que circulam pela cidade também. Os transportes públicos inaugurados recentemente (BRT e VLT) tem ótima acessibilidade e para cobrir alguns pontos da cidade existem os táxis adaptados, táxis comuns e o Uber, um dos meus serviços preferidos.

No caso das calçadas, o mais recomendado para encarar as malditas pedras portuguesas e seus inúmeros buracos é utilizar uma cadeira motorizada ou então uma manual com rodas dianteiras do maior tamanho possível e, de preferência, infláveis. Outra boa opção é utilizar um Freewheel. Se tem um, traga para o Rio!